29 março 2011

O preço de uma vida: Bombeiro em estado grave após tentar salvar vidas


Está em estado grave o bombeiro que tentou salvar trabalhador em beneficiadora de arroz

LUCIANA MENOLI / Redação DS 

O soldado CBM Valmir foi transferido para Cuiabá, por meio de transporte aéreo, no final da tarde de ontem e seu estado é considerado grave. Desacordado e respirando com ajuda de aparelhos, ele foi transportado em uma ambulância do hospital em que se encontrava na UTI até o aeroporto tangaraense, de onde seguiu para a capital.

O bombeiro passou mal na manhã de ontem, quando tentava resgatar trabalhadores de uma empresa de beneficiamento de grãos, localizada na MT-358, saída para Cuiabá. No momento em que desceu no fosso, que tem de 10 a 12 metros de profundidade, ele passou mal devido aos gases contidos no local, que atingiram os funcionários que foram fazer a limpeza do fosso. No fosso havia cerca de 80 cm de água. O bombeiro desmaiou e caiu de bruços, ficando cerca de cinco minutos submerso, até que um colega de farda, com equipamento apropriado o retirou do local, desacordado, segundo a Polícia Militar, que auxiliou no resgate às vítimas do acidente.

Valmir, tanto ingeriu quanto inalou muita água fermentada pela soja, que é beneficiada no local. Ele recebeu atendimento no local, foi reanimado e partiu para a UMS, de onde foi liberado. Já em casa, teve duas paradas cardíacas, sendo novamente reanimado e internado na UTI do hospital particular conveniado ao SUS em Tangará. Porém, informações da própria corporação dão conta que seu estado é grave e que a família achou por bem transferi-lo para Cuiabá.

O ACIDENTE – Por volta das 10h20 de ontem, os serviços de segurança e emergência de Tangará foram acionados para atender a um acidente na Fazenda Líder I, na Gleba Aurora, numa beneficiadora de cereais. Ivanilson Magalhães de Souza, 24, Jaciel Badin Silveira, 42, e Reinaldo Rodrigues de Souza, 32, teriam descido a um fosso (um elevador de soja), que estaria com muita água acumulada, para proceder à limpeza. Chegando na base do fosso, de mais de 10 metros de profundidade, os trabalhadores passaram mal ao inalar o gás formado pela fermentação do cereal em contato com a água. Ivanilson conseguiu sair, mas Jaciel e Reinaldo ficaram presos.

O Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local e iniciou a operação de resgate, onde o sd. Valmir desceu e passou mal. Neste momento, chegou outra equipe do CBM e o cabo Silveni, com máscara e cilindro de oxigênio desceu, resgatando Valmir, primeiramente, pois era o que se encontrava em estado mais grave.

Jaciel, debatendo-se pelo nervosismo e já fora de si, acabou arrancando a máscara de Silveni, que também ficou tonto, porém , conseguiu proceder ao resgate de Jaciel e de Reinaldo, o último a ser retirado. Por ter inalado os gases, o cabo bombeiro também recebeu atendimento médico. Todos receberam os socorros iniciais e depois foram encaminhados para a UMS e encontram-se fora de perigo. Corre risco ainda, infelizmente, o sd Valmir, que no cumprimento de seu dever (de salvar vidas) também se transformou numa vítima deste acidente.

Fonte: Diário da SerraDiario da Serra

Um comentário:

zane disse...

wo meu amigo que legal seu blog adore os videos da sua familia
ha adorei !!
fkou bom ........ha gostei da noticia sbre o bombeiro.
parabéns amigo!!
bjo lenira